PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

De cabeça raspada, Justiça nega habeas corpus para DJ Ivis

Mix

19 de julho de 2021 10:40

Da Redação


Relacionadas

UEPG inaugura exposição Múltiplo Leminski

UEPG inaugura exposição Múltiplo Leminski

Comediante faz show de stand-up no Estação PG

Crônicas dos Campos Gerais: A suavidade de Tibagi II
Kiss remarca apresentações no Brasil; Curitiba está no roteiro
Museu Campos Gerais recebe exposição 'Múltiplo Leminski'
Exposição Múltiplo Leminski é um dos destaques do CulturAção
Músico permanecerá preso por tempo indeterminado e a disposição do Poder Judiciário Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Músico permanecerá preso por tempo indeterminado e a disposição do Poder Judiciário

Iverson de Souza Araújo, conhecido como DJ Ivis, teve seus cabelos raspados ao chegar na Unidade Prisional Irmã Imelda Lima Pontes, em Aquiraz, no Ceará. O produtor musical foi preso na última quarta-feira (14) pelas agressões contra sua ex-mulher, Pamella Holanda, inclusive na frente da filha de nove meses do casal.

A Justiça negou o pedido de habeas corpus de DJ Ivis no último sábado (17) e ele permanecerá preso por tempo indeterminado à disposição do Poder Judiciário. Caso ele seja condenado por lesão corporal, a pena máxima é de três anos em regime aberto ou semiaberto. O presídio de Aquiraz é de segurança máxima.

Com informações do Metrópoles

PUBLICIDADE

Recomendados