PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Onda de execuções atinge cidades do litoral do PR

Cotidiano

22 de novembro de 2021 16:15

Da Redação


Relacionadas

Semipesado CF se diferencia pelo conforto e alta tecnologia

Helicóptero com três pessoas cai em Florianópolis

Paranacidade abre inscrições para processo seletivo

'Pode beber depois da vacina?' é a frase mais pesquisada no Google
PR pede ajuda ao governo federal devido a falta de chuvas
PSDB faz anúncio de pré-candidato ao Governo do Paraná
Asteroide se aproxima do Planeta Terra nesta terça
De sexta até a madrugada desta segunda-feira, sete pessoas foram mortas. Crimes aconteceram em três cidades do litoral Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

De sexta até a madrugada desta segunda-feira, sete pessoas foram mortas. Crimes aconteceram em três cidades do litoral


Entre a última sexta-feira (19) e madrugada desta segunda (22), sete pessoas foram assassinadas e duas ficaram feridas no litoral do Paraná. Os crimes foram registrados em Paranaguá, Matinhos e Pontal do Paraná. 


Sexta-feira (19)

Na sexta-feira (19), o adolescente Eliel Gonçalves Correia, de 16 anos, foi atingido por disparos de arma de fogo quando pilotava uma motocicleta na ponte sobre o rio Emboguaçu, na Avenida Bento Rocha, em Paranaguá. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu. 

Uma pessoa que passava de bicicleta, no momento do crime, também foi baleada e precisou ser levada para um hospital da região.

Conforme testemunhas, o atirador estava transitando a pé pela via quando atirou contra Eliel. Ele ainda teria aproveitado o momento em que as pessoas se aglomeraram em volta dos feridos para fugir com a motocicleta do rapaz. 


Sábado (20)

Na madrugada de sábado (20), três jovens foram executados na rua Paranapanema, no Jardim Guaraituba, em Paranaguá. Alceu Lincoln Kempinski, de 25 anos, Theo Thiago lana, de 21 anos, e Adriano Almeida Lana, de 35 anos, foram assassinados com vários disparos de arma de fogo. Uma testemunha afirmou que o criminoso chegou na residência onde as vítimas estavam, perguntou por Lincoln e passou a atirar nas vítimas. 

Já durante a noite, o corpo de uma mulher, ainda não identificada, foi encontrado parcialmente carbonizado no distrito de Alexandra, em Paranaguá. 


Domingo (21) 

Na madrugada de domingo (21), uma mulher, que também ainda não foi identificada, foi morta com um tiro na cabeça na rua Jamaica, no balneário Arco-Íris, em Matinhos.  

Poucas horas depois, no Balneário Primavera, em Pontal do Paraná, um homem conhecido como Kaká, de 32 anos, foi executado por um estranho que foi até sua casa, na rua Mazzaropi, e pediu um copo de água. 

De acordo com a esposa da vítima, o atirador esperou que ela se virasse para buscar a água e efetuou pelo menos seis disparos de arma de fogo contra o homem. 

Segundo a Polícia Militar, uma pessoa que estava nas proximidades também foi ferida com um tiro na perna. 

A equipe da RIC Record TV está na região para entender o que está ocorrendo e se a série de execuções tem ligação com disputa pela venda de entorpecentes no litoral paranaense. 


Operação contra o tráfico

No dia 21 de outubro, 22 mandados de prisão expedidos para uma operação contra o tráfico de drogas no litoral do estado resultaram em 17 pessoas presas. Conforme o delegado responsável pela operação, Rodrigo Brown, do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), a ação conseguiu localizar membros de liderança da quadrilha. Por isso, muitos mandados foram cumpridos em casas de alto padrão com piscinas e eletrodomésticos caros. Foram apreendidos carros de luxo, sete armas – entre pistolas, revólveres e até uma arma com seletor de rajadas – bebidas avaliadas em mais de R$ 8 mil, radiocomunicadores e drogas, como cocaína, maconha e crack.

Foram meses de investigações em sigilo para encontrar os membros de organizações que movimentam o tráfico na região. Paranaguá é um destino procurado pelos criminosos, conforme o delegado, por causa do porto e da possibilidade de traficar drogas internacionalmente, através dos navios de carga.


Com informações do RIC Mais

PUBLICIDADE

Recomendados