PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Governador está em PG para entrega de novo residencial

Ponta Grossa

30 de julho de 2021 11:43

Rodolpho Bowens


Relacionadas

Inscrições do PSS para professores são prorrogadas

Instituto dos Óculos realiza promoções no mês do cliente

Após dois anos, PG retoma agenda de shows nacionais

Mulher cai de cara ao descer de maca de socorristas em PG
Mãe e filho são detidos por tráfico de drogas em Uvaranas
Idosa esfaqueia neto de 14 anos em Castro
PR libera aulas 100% presenciais em todas as escolas
PUBLICIDADE

Local foi planejado pela Construtora Rottas e teve um investimento de mais de R$ 30 milhões em infraestrutura

O governador do Estado do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior (PSD), estará nesta sexta-feira (30), em Ponta Grossa, para inaugurar, junto da prefeita Elizabeth Schmidt (PSD), o Residencial Porto Belvedere. A cerimônia acontecerá na região da Boa Vista, na Rua Antônio Saad, pelo período da manhã – onde fica localizado o condomínio. Planejado pela Construtora Rottas, e com um investimento de mais de R$ 30 milhões em infraestrutura, o ‘Porto Belvedere’ oferece aos moradores o formato das casas em ‘condomínio clube’.

O anúncio foi realizado via redes sociais da prefeita de Ponta Grossa e confirmado pela equipe de jornalismo do Portal aRede com a assessoria de imprensa do Poder Executivo.

Segundo as informações publicadas – acesse a notícia clicando aqui –, o Porto Belvedere conta com portaria 24h por dia, quadras poliesportivas, salão de festas, playground, piscina adulto e infantil. Também há espaço gourmet com churrasqueira, quadra de areia, redário, espaço zen, pomar com árvores frutíferas, academia ao ar livre, playground, e 50 mil metros quadrados de área preservada, que pertencem ao condomínio, onde há uma trilha ecológica.

As casas possuem entre 50m² e 57m² de área construída, com dois ou três quartos e uma vaga de garagem, todas piso cerâmico e teto com laje. Cada unidade tem um terreno privativo em média de 130m². Os valores das residências começam em R$ 120 mil. Projeto enquadrado no Programa Minha Casa, Minha Vida, os subsídios podem chegar a R$ 36,5 mil, com a possibilidade de dar parte do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) na entrada.

Residencial Bem Viver Uvaranas

Recentemente em 23 de julho, a PMPG anunciou, juntamente com a Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) e do Governo do Estado, o lançamento da primeira fase do ‘Residencial Bem Viver Uvaranas’, com 408 casas, em que serão investidos mais de R$ 60 milhões. Neste ano, a Pacaembu Construtora, por meio de contrapartida ocasionada por Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV) do empreendimento, construiu uma ponte entre os núcleos Dal Col e San Martin que teve um custo superior a R$ 1,2 milhão.

O Residencial Bem Viver Uvaranas terá casas não geminadas com 48,64m² de área construída, que ficam isoladas no lote, permitindo a sua expansão. O tamanho dos terrenos é de 160m². As casas têm sala integrada, dois quartos, cozinha e banheiro com azulejos nas áreas molhadas, lavanderia e piso cerâmico em todos os ambientes.

O empreendimento é voltado para famílias que não tem casa própria e por isso, há a possibilidade de conquistar um subsídio de até R$ 23.200, por meio do programa habitacional Casa Verde e Amarela, do Governo do Federal, para ser abatidos no valor do imóvel – mais informações sobre o residencial aqui.

PUBLICIDADE

Recomendados